Reciclagem

Sunday, July 17, 2005

UM PAÍS CHAMADO PAZ!

Descobriram-me? Eu nunca estive coberto!
Corria moleque nu pelos meus verdes pastos
Bebia de minhas águas fartas e dela comia meu peixe
Não pedi nada a ninguém, esqueçam-me e me deixem!

Acharam-me? Eu não estava perdido!
Hoje sim, eu estou, não sei onde mais me encontro
Vago trôpego e me sinto afogando em areia movediça
Estupraram meu corpo, botaram-me alma postiça.

Nominaram-me? Eu tenho um nome próprio!
Uma marca feita à mão pela minha própria natureza
Sou um gigante liberto, pássaro em vôo rasante
PAZ é o meu nome e só isso já é o bastante

Colonizaram-me? Eu sou um continente!
Sugaram minha entranha, tirando dela riquezas
Rasgaram minha pele, rasparam minha cabeça
Afastem-se de mim antes que eu apodreça.

Catequizaram-me? Eu tenho minha cultura!
Não quero nada de ninguém, apenas o que é meu
Minha honra, minha hegemonia, tudo claro, nada oculto
Não preciso de heróis, muito menos de um corrupto!

Domesticaram-me? Eu não me deixo dobrar!
Sou maior do que vocês, súcia, ladrões, mentirosos
Filhos que dizem me amar enquanto me dilaceram
Comendo o pão dos irmãos que famintos adoeceram

Modernizaram-me? Não quero ser apenas uma máquina!
Quero meus primeiros filhos, puros e sem falhas de caráter
Quero a igualdade pra todos, nem precisam mais me amar
Os que me amam saberão o quanto posso lhes dar

Politizaram-me? Eu tenho minhas próprias leis!
Quero meus filhos nus e sem bolsos pra nada esconder
Quero meu corpo de matas e rios e fauna e flora
Não preciso de vocês, me deixem e vão embora!

Edi Longo,
SBAT 030899

3 Comments:

  • At 5:33 AM, Blogger Verluci said…

    BOM DIAAAA EDI!!!

    Este seu Poema eu amei... ah!!!
    me diga a diferença entre Poema e Poesia.
    Fico sempre em dúvida!!!
    Beijokas e pipokas pra VC!!!
    :)

     
  • At 3:59 PM, Blogger Adina said…

    Esta paz tão almeja chega até a ser utópica querida Edi, mas creio que nunca devemos deixar de acreditar num amanha melhor...
    Meu coração chora e sangra diante de tanta injustiça e falta de amor verdadeiro de nossos governantes por esta Nação tão linda.
    A poesia é linda, mas concordo qdo disse que teria sido melhor não ter motivo para escreve-la...bjs

     
  • At 2:54 PM, Blogger NiceBarth said…

    Que maravilhoso, Edi! Que força! Que delícia poder expressar tudo isso!

     

Post a Comment

<< Home