Reciclagem

Thursday, May 12, 2005

O ABORTO PERMITIDO

Como seria a composição de um sujeito
quando Deus no silêncio de seu atelier
pincela com esmero e tinge o peito
mas, borra-o, limpa e apaga esse ser?

Será que esse desenhado esboço
pelas mãos divinas projetado
merece acabar num calabouço
no espaço escuro relegado?

Será que Deus comete algum equívoco
quando lhe escapa das mãos um gameta?
Ou será que nos testa e põe um crivo
Como um perspicaz e sério estafeta

E assim, na limpeza de seu quadro
não estraga tinta boa numa tela
redesenha outro ser na aquarela
economizando seu bom e sacro barro

e aquele que apagou ficou nas estrelas
outro vem pra cumprir o seu papel
vidas ruins, tem razão, melhor não tê-las
melhor ser um ser perdido lá no céu

E quando Deus se distrai o que acontece?
Nasce um Nero, um Calígula ou um Hitler?
Deus! Um calafrio acalanta minha prece
devias ter apagado quem fez a pólvora e o rifle!

Seria então considerado um aborto?
Quais leis a Deus seriam impostas?
Se desdesenhou e desdenhou um corpo
caberá a quem é humano as respostas?

Como tudo a Deus é permitido
espero que continue abortando
qualquer facínora entre nós metido
pro mundo continuar em paz girando.

Edi Longo,
SBAT 030899

0 Comments:

Post a Comment

<< Home